Diferentes estilos de madeira.

Ao comprar um móvel de madeira, você pode se confundir com todos os nomes, siglas e estilos diferentes da matéria prima. Para ajudar você, criamos essa lista com algumas das madeiras mais aproveitadas no mercado moveleiro.

  • MDP (Chapa de Partículas de Média Densidade) – A Madeira MDP é uma chapa formada por diversas partículas em camadas que são unidas por uma resina sintética. As partículas mais finas tendem a ficar nas superfícies e as mais delgadas situadas no miolo.

MDP

  • MDF (Chapa de Fibras de Média Densidade) – Assim como a madeira de MDP, a MDF é uma chapa unida por uma resina sintética, só que, diferentemente da MDP, a madeira MDF é composta por fibras e não por partículas. Sua estrutura é mais compacta e uniforme do que os outros materiais, mas o seu custo pode ser 50% mais caro em relação aos móveis produzidos com madeira MDP.

MDF

  • Madeira Maciça – Uma madeira que tem sido utilizado cada vez mais para peças menores e cada vez menos para peças maiores. Isso porque há grande dificuldade em encontrar tora com diâmetro grande para ser utilizado, o que causa um aumento no preço da peça. Outro fator fundamental para a diminuição do uso dessa madeira é a preservação do meio ambiente, que a cada dia ganha mais importância. Recentemente, a madeira maciça tem sido substituída pelas chapas de MDF e MDP, especialmente ao trabalhar com grandes dimensões.

Madeira Maciça

  • Tamburato – Um painel com estrutura de madeira maciça que em seu interior possui uma colméia de papelão e no exterior tem duas faces externas onde são colocados duas chapas finas, como a chapa MDF.

Tamburato

OBS. Há também móveis que utilizam outros tipos de madeiras, sem mencionar as diversas combinações. Uma das mais utilizadas é a de MDF com MDP, onde uma delas é utilizada nas partes gerais dos móveis e a outra para partes mais especificas, dando um contraste sofisticado.

Deixe uma resposta